[powerkit_button size=”lg” style=”success” block=”false” url=”https://drive.google.com/file/d/1YoSeJL78GPbzCaruaq7XMIg6lFzE1RYM/view” target=”_blank” nofollow=”false”] DOWNLOAD
[/powerkit_button]

Estimado leitor

Nossa jornada musical continua nesta edição com a presença de convidados que, assim como nas edições anteriores, nos apresentam seus projetos, ideias e reflexões musicais. Temos muita satisfação em compartilhar com você um conteúdo trabalhado em conjunto com colaboradores verdadeiramente comprometidos com a cultura musical.

Aliás, compromisso é uma palavra correta para descrever o violinista e regente Luis Otavio Santos, músico que ilustra a capa. Seu comprometimento com a música historicamente orientada transcende a visão que a maioria (incluindo os músicos) concebe sobre ela. Luis Otavio nos mostra que a Música Antiga é algo maior e mais instigante do que a “simples” execução em instrumentos de época. Igualmente instigante é conhecer, através da exposição do próprio compositor, como este concebeu uma obra. E é exatamente o que Ernesto Hartmann nos revela na seção Pentagrama. Trazemos também uma matéria especial sobre o Mozarteum Brasileiro, uma das mais conceituadas instituições culturais do país. Em Música de Câmara, retornamos à Música Antiga, dessa vez através do grupo mineiro A Canção das Iluminuras. Em Educação, apresentamos o lab.fluta, uma plataforma web dedicada à produção e difusão de conhecimento para flauta doce (e música erudita). E por falar em internet, destacamos um vídeo histórico do genial maestro Georg Solti, disponível no YouTube. É uma aula de musicalidade e regência de um músico extraordinário no auge da carreira. Também o convido a conhecer o sopranista Bruno de Sá, que nos conta um pouco de sua trajetória e da singularidade de sua classificação vocal e a ler o artigo do compositor, pianista e professor americano Thomas J. Parente, no qual demonstra a importância da aplicação da teoria do flow no estudo de piano. A violinista Jamile Destro é a jovem destaque desta edição, que é fechada com a divulgação do concerto, inédito na capital mineira, da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais com o Cirque de la Symphonie.

Fique na companhia dos nossos convidados, ótima leitura e até a próxima edição!


Publicado na 3ª edição da revista CONCERTISTA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *