Saiba da importância de os pais participarem da educação musical dos filhos
Foto: Divulgação
[dropcap]O[/dropcap] ambiente musical proporcionado pela família foi determinante para que Pollyanna Sampaio escolhesse a música como profissão. Nesta entrevista, a educadora fala dos benefícios dos pais participarem da educação musical dos filhos, dos próximos projetos e do I Congresso Online de Desenvolvimento Infantil para Pais e Familiares (CODIM).

Fale um pouco sobre sua trajetória profissional.
Meu nome é Pollyanna Sampaio, sou cantora há mais de 20 anos e comecei meus estudos em música ainda na infância, através de projetos de musicalização infantil de escolas de arte como a FUMA (Fundação Mineira de Arte), da UEMG (Universidade do Estado de Minas Gerais) e o conservatório de Música da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Posteriormente, estudei canto na EMB (Escola de Música de Brasília). Sou professora de musicalização infantil há mais de 10 anos e tenho formação profissional em fisioterapia e foi devido a essa formação que, há algum tempo, participo de projetos de musicalização infantil voltados para famílias com crianças portadoras de TEA (Transtorno do Espectro Autista) e outras síndromes comprometedoras do desenvolvimento infantil. Atualmente, atuo na formação musical de crianças em projetos com parceiros institucionais.

Por que é importante os pais participarem ou mesmo serem os primeiros educadores musicais dos filhos?
Em minha família, minha primeira professora de música foi minha mãe. Ela tocava, cantava para nós, propunha brincadeiras e eu me apaixonei pela música por causa desse ambiente que eu tinha em casa. Meu pai não era músico, mas sempre trouxe música para casa pra gente ouvir. A música fazia parte de alguns rituais de minha família, como viagens de carro, cultos religiosos, horas de atividades. E era muito espontâneo, nada metodológico, pois eram pessoas leigas que nos instruíam (no caso, meus pais), mas marcou tão intimamente a minha vida que, quando eu me tornei mãe, comecei a praticar em casa as mesmas coisas com meus filhos e percebi a profundidade do direcionamento do olhar dos pais para o desenvolvimento musical das crianças.

Como educadora, percebo uma dificuldade dos pais em observar os benefícios do desenvolvimento musical para o crescimento integral da criança. Não é só saber tocar um instrumento. A música proporciona a formação do pensamento, influencia em questões sociais, de auto-imagem, do equilíbrio emocional, em aspectos cognitivos, nas habilidades motoras. É tão amplo e importante que não pode ser exclusivo para alguns com mais oportunidades. Precisa ser uma forma de inclusão e de igualdade social.

A participação dos pais nesse processo é direcionar o olhar da criança para o interesse pela música. É dar aos filhos a oportunidade de entrar em contato com os elementos musicais, sendo seus primeiros educadores, mesmo não tendo formação educacional. De que forma isso pode ser feito ? Introduzindo as práticas musicais de forma intuitiva e posteriormente procurando oportunidades do fazer musical para as crianças, em corais, projetos musicais e conservatórios de música. Mas principalmente participando ativamente do processo de observação do desenvolvimento infantil para reconhecer esses benefícios e incentivá-los.

Quais os objetivos do Congresso Online de Desenvolvimento Infantil para Pais e Familiares (CODIM), e como foi a primeira edição?
Nosso objetivo é transformação! Temos uma cultura de que a música é só entretenimento e observamos que os pais de crianças que participavam mais intimamente dos projetos de musicalização mudavam seu olhar e faziam escolhas melhores para a educação de seus filhos. São muitas as atividades extracurriculares, e isso deixa os pais confusos, pois os recursos e as oportunidades são escassas e o ritmo da vida é frenético. Com esse projeto, queremos ajudar os pais a compreenderem os benefícios da música, dando a eles recursos práticos para a introdução musical dos filhos e, assim, proporcionar uma experiência rica da participação deles no processo educacional. Nada melhor do que você ver na prática seu filho melhorando o comportamento, tornando-se uma pessoa mais calma e feliz, vencendo seus desafios e transformando-se em uma criança com mais autoconfiança.

Então, nosso maior objetivo é instruir os pais, mudando o olhar deles, para que, com isso, venham mais oportunidades para as crianças terem contato com esse universo tão rico e tão prazeroso que é o do fazer musical.

Como foi a receptividade dos pais após o congresso? Eles demonstraram interesse em investir na educação musical dos filhos?
Em nossa primeira edição, foram mais de 3.600 inscrições. Isso nos mostra que os pais se interessam em saber sobre o assunto. Após eles assistirem às 22 vídeo-aulas sobre os variados temas do desenvolvimento musical infantil, recebemos muitos e-mails e mensagens de agradecimento e muitas dúvidas sobre os temas. É só o começo da nossa meta de influenciar as famílias. O desenvolvimento é um processo, como é também a mudança de pensamento. Mas creio que uma semente foi plantada e que o olhar para a educação musical dessas famílias mudou após o CODIM.

Tivemos também pais interessados em aprender um instrumento musical. Em algumas de nossas palestras, mostramos como é fácil aprender instrumentos como o ukulele, ou mesmo por aplicativos de celular feitos para práticas musicais. É o fazer musical para a família toda. Todos aprendem juntos a praticar música em casa.

Quais os próximos projetos em que você está trabalhando?
Estamos agora refletindo sobre o evento para produzir conteúdos que tirem as dúvidas dessas famílias e que possam ensinar práticas musicais em casa. Esse projeto do CODIM é um braço do grande projeto “Música para pais e filhos”. Então, o produto dessa reflexão será o conteúdo de nossas redes sociais para o site www.musicaparapaisefilhos.com.br, nosso Instagram e canal no Youtube. Além disso, em 2019, vamos começar com os podcasts, áudios curtos e objetivos pelos quais se aprende de forma rápida. Também em 2019, faremos uma reprise do 1º CODIM para que outras famílias também possam participar do projeto. E finalmente, daremos um passo maior que é realizar o 2º CODIM, no segundo semestre, incluindo, nessa próxima edição, temas como musicalização de crianças especiais e práticas de instrumentos musicais.

Os sonhos são muitos, mas queremos realizá-los de forma a serem realmente úteis para os pais nessa transformação do olhar. Esperamos alcançar o nosso objetivo.

Gostaria que deixasse uma mensagem para os pais que desejam participar e investir na educação musical dos filhos.
A melhor forma de educar os filhos é participando do processo educacional deles, não apenas terceirizando essas atividades. É mais prazeroso do que se imagina e muito mais fácil também. Dessa forma, a infância marca, deixa histórias e causa aprendizado, alargando o nosso olhar. A infância é rica demais para ser despercebida. Sigam nossas redes sociais ou escrevam para nós no email suporte@musicaparapaisefilhos.com para acompanhar nosso conteúdo e aprender sobre educação musical em casa.

A educação musical não é para poucos, e sim para todos. Basta conhecermos um pouco das possibilidades ao nosso redor e voltarmos o nosso olhar para ela, em seu papel primordial na formação humana, não apenas como música para entretenimento, mas, sim, como algo tão importante como é o aprendizado da matemática e da alfabetização. No entanto, é superior a elas num aspecto essencial: ela é, segundo Platão, a “única capaz de penetrar os mais secretos recantos da alma”.


Mais conteúdo e informações sobre o CODIM

Site  Facebook  Instagram  Youtube


 

  1. Que bom ter em nossa sociedade, pessoas com visão como a SUA! Realmente em minha experiência como mãe e educadora; é gratificante ver às crianças se tornarem adultos mais equilibrados e centrados, conquistando seus objetivos porque desde sua infância cresceu em contato com este facineo da criação de Deus que são os diferentes sons! Que embalam o ser vivo desde o ventre da mãe…. Apoio e acredito neste projeto!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nossa newsletter!

Novidades, planos de aula, atividades, artigos e mais conteúdos no seu email!